Resenha - Como Falar Dragonês por Cressida Cowell

By | domingo, março 01, 2015 Deixe o seu comentário

Acho que poderei ler os doze livros e mesmo assim, não me enjoar deles.

Título original: How To Speak Dragonese

Editora: Intrínseca

Número de Páginas: 240

Ano de Lançamento: 2010

Onde comprar: Livraria Cultura / Saraiva / Amazon






     Chegamos ao terceiro volume da série “Como Treinar o Seu Dragão”.

     Nessa parte da história, Soluço ainda está em seu treinamento. Mas terá que fazer um plano para salvar seu dragão, Banguela, que foi capturado pelos romanos. A história promete mais ação que os outros. Começa a mostrar mais os conflitos que existe entre as tribos de vikings e entre os povos, principalmente os romanos.

     Estou ficando um pouco cansado de sempre a mesma introdução, falando quem é quem e o que ele faz. Tudo bem que eu estou lendo na ordem que foi publicado, e se pode ler na ordem que desejar. Mas eu aconselho a ler na cronologia de lançamento, você acaba tendo mais surpresas e emoções.

     Por causa dos filmes, acabei sentindo falta da presença feminina nos livros, mas neste, houve uma presença feminina e a revelação de tribo de garotas apenas. Acho que pode rolar um romance com essa história.

     O foco dos confrontos acaba não sendo a batalha com dragões mais fortes e mais poderosos, acaba sendo outros povos e tribos, coisa que achei muito bom, para poder variar um pouco as coisas. Afinal, são doze volumes, não dá para ficar na mesma coisa o tempo inteiro.

     As imagens estão cada vez mais perdendo o espaço que tinham, para detalhar os objetos que não tinham descrição. Os desenhos estão servindo de apoio só para deixar o livro com uma aparência mais jovem. Ao meu ver, a autora está querendo fazer exatamente isso, um aprendizado de interpretação, com as crianças aprendendo a imaginar e evoluir junto com os seus livros e estarem prontas para outros tipos de livros.

     O jeito que essa autora termina cada volume é uma tortura. São frases diretas e que sempre te deixam com vontade de ler o próximo, dando palavras chaves sobre o que vai acontecer futuramente. Acho que poderei ler os doze livros e mesmo assim, não me enjoar dele. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: