Resenha - The 100 por Kass Morgan

By | quarta-feira, março 04, 2015 Deixe o seu comentário


Bom para se ler quando a série entrar hiatus e matar um pouco da saudade.


Título Original: The 100

Editora: Galera Record

Número de Páginas: 288

Ano de Lançamento: 2014

Onde comprar: Cultura / Saraiva / Amazon








    The 100 é o primeiro volume da trilogia de mesmo nome. Tem a autoria de Kass Morgan.

     Depois de várias guerras, a terra ficou inabitável. Sendo assim, uma parte da população foi viver em uma gigantesca nave no espaço, chamada de Colônia. Dentro deste novo "mundo" existem vários jovens que estão presos por cometer delitos, porém, em um projeto ambicioso da Colônia, cem delinquentes serão enviados de volta à Terra para habitá-la ou tentar ao menos.

     Hum... ok. The 100, para quem não sabe, também é uma série de TV lançada pelo canal The CW. Bem, eu gosto bastante do seriado e lógico que logo iria querer saber um pouco mais da obra que originou a série. E, enfim, vamos lá saber o que eu achei sobre o livro de estreia de Kass Morgan.

     A história em si é boa, porém os deslizes são grandes. Começando com a falta riqueza de características dos personagens e do cenário. Totalmente escasso de detalhes, fica difícil se situar no mundo vivido por Clarke, Bellamy e cia. Pelo menos para mim, a descrição é algo importante para tornar a leitura mais agradável. (Gente, até agora não sei como é o Bellamy e o Wells. SOS)

     Passando por isto, me deparei com outra coisa que não me agradou: em 280 páginas não temos um momento de ação e aquela coisa de OMG.
Na verdade, na última página temos uma tentativa, falha, de causar aquele espanto e desespero, mas ficou uma coisa tipo "Sério? Acredita que eu não sabia!".
O livro se torna até meio arrastado por causa desse fator.

      Os personagens, ao meu ver, não possuem nada, tipo, nada de interessante. Não são aqueles que te faz suspirar ou até mesmo sentir orgulho. Eles mais parecem com secundários apagados. Particularmente, eu os achei bem fracos, sem características próprias e sem grandes atrativos.
A escrita de Morgan é a mais simples possível, sem grandes novidades ou algum diferencial.

      Enfim, The 100 é um livro razoável. Bom para se ler quando a série entrar hiatus e matar um pouco da saudade. Espero que o segundo volume consiga suprir e ser melhor do que este. Que venha os grounders!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: