Resenha - Como Treinar o Seu Dragão por Cressida Cowell

By | segunda-feira, fevereiro 09, 2015 Deixe o seu comentário

 Um livro muito gostoso de ler, a cada página dava vontade de ler mais e mais. 





Título original: How to Train Your Dragon

Editora: Intrínseca

Número de Páginas: 224

Ano de Lançamento: 2010

Onde comprar: Saraiva / Submarino / Amazon






     Como Treinar o Seu Dragão é o primeiro volume de uma série com o mesmo nome.

     Comecei o livro sabendo que se tratava de um livro infantil, que não seria algo que encontro normalmente em livro que leio. O que encontrei nesse livro foi algo que não esperava, foi um livro que me prendeu e eu não conseguia parar de lê-lo.

     Soluço é nosso protagonista, e ele é aquele garoto magro e pequeno, completamente o oposto do que é o perfil de chefe da Tribo na qual ele pertence, e ele é o filho do chefe, sendo por direito o herdeiro. Com isso, todos sempre esperam muito de Soluço.

     O livro tem bastantes ações, principalmente por ser infantil, e humor. O ritmo do livro é intenso. Não é aquele livro que você fica agoniado com o que vai acontecer com o personagem. Pera, talvez um pouco. Confesso que queria realmente saber o caminho que levaria a história, com algumas surpresas no meio dela.

     Soluço está em um treinamento para se tornar um Viking e nesse treinamento é preciso capturar e trenar um dragão. Exatamente por esperarem muito de Soluço, ele tem uma responsabilidade de pegar um dragão grande e perigoso, mas a única coisa que consegue é seu dragão teimoso e minúsculo, Banguela. Depois de capturado, precisa ser treinado. Será que soluço conseguirá?

     Dragões falam, e não falam como uma pessoa qualquer, falam um idioma chamado dragonês. O que foi uma coisa que achei interessante, pois muitas vezes vemos, ou dragões mudos, ou dragões falando normalmente com humano. Mas nesse livro é diferente, é um idioma diferente das pessoas.

     O livro acaba não sendo muito descritivo com os detalhes, afinal, é um livro infantil, e seus detalhes ficam por conta das imagens presentes durante todo o livro. São imagens feitas pela própria autora, e são magníficas, combinam completamente com o clima da história.

     A história te explica a mitologia nórdica e como funciona. Mas não é explicando diretamente do tipo: “isso acontece por causa disso, e eles faz isso”, é algo que está introduzido na história e você não percebe muito, porém aprende. Uma ótima construção da autora.

     Meu deus, foi um livro muito gostoso de ler, a cada página dava vontade de ler mais e mais. Eu não qual o motivo de ter sido assim, mas foi uma leitura mais do que agradável e me deu muita vontade de ler os outros. E que venham outras histórias de Soluço.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: