Resenha - Como Ser um Pirata por Cressida Cowell

By | domingo, fevereiro 15, 2015 Deixe o seu comentário

Foi ação atrás de ação e não dava pra parar em momento algum.

Título original: How to Be a Pirate

Editora: Intrínseca

Número de Páginas: 224

Ano de Lançamento: 2010

Onde comprar: Livraria Cultura / Saraiva / Amazon






     Como Ser um Pirata é o segundo volume da série Como Treinar o Seu Dragão.

     Nesse volume, Soluço continua com seu treinamento e agora ele está aprendendo como ser um pirata. O que era engraçado, pois o que eles ensinavam era algo o oposto do que é o normal. Aulas de insultos, aulas de roubo e também aulas de desalfabetização. A autora mostra desse jeito, uma forma diferente da nossa, uma cultura que não estamos acostumados.

     Nesse treinamento, Soluço e os outros garotos acham uma caixa que pertencia ao Barbadura, O Terrível, que é o maior pirata que já existiu. E soluço, é dessedente desse pirata, e todos começam a ir atrás desse mistério que está por detrás de um suposto tesouro do maior pirata que existiu.

     Confesso que ele começou bem lento, e eu não estava com muita animação para lê-lo. Mas conforme o livro foi se desenrolando, foi ação atrás de ação e não dava pra parar em momento algum. Achei um pouco mais fraco que o “Como Treinar o Seu Dragão”, mas não em questão de ação, esse tem muito mais ação.

     Continua o mesmo esquema de antes, imagens fazendo a descrição dos objetos. Mas nem tanto, eu senti uma maior descrição dos objetos e do lugares, e apesar de continuar com mais ou menos o mesmo número de figuras, as figuras se tornaram um pouco mais enfeite pro livro.

     Uma coisa que mudaram, foi a forma de como acabou, o primeiro volume, acaba e você pode parar alí, não tem aquela coisa de preciso saber o que acontece depois. Nesse volume não, a autora deixa uma isca e fala diretamente com o leitor dando dicas para o próximo, o que me deixou muito agoniado para ler o próximo.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: