Resenha - Legend por Marie Lu

By | domingo, novembro 16, 2014 Deixe o seu comentário


     "Se você tem coração fraco, aperte o cinto porque Legend é simplesmente uma montanha-russa radical."



Título original: Legend
Editora: Rocco Jovens Leitores
Número de Páginas: 256
Ano de Lançamento: 2014



    

     Legend é o primeiro livro da trilogia distópica de mesmo nome, a distopia tem a autoria de Marie Lu.

     Em 2130 D.C., os Estados Unidos agora são divididos em duas nações: República da América e Colônias. Em Legend, conhecemos duas pessoas muito distintas, mas com personalidades bem parecidas. Temos Day, o bandido mais procurado da República e temos June, a garota prodígio do governo. Devido a alguns acontecimentos, os dois acabam se conhecendo, porém, a queridinha da República quer algo muito além de amizade. Ela quer vingança.

     Uouuuuu! O que falar dessa trilogia? Ai! Não sei nem por onde começar. Particularmente, eu amo distopias e mesmo antes de ler Legend, já sabia que iria gostar. Sabe aquele tipo de livro que chama atenção só pela capa e edição? Pois é, esse foi meu caso com essa trilogia. Ano passado em uma de minhas andanças pela livraria, encontrei ocasionalmente a história de uma nação que tem um bandido e uma garota forte, logicamente entrou na minha lista de leitura. Porém, só vim ver de perto essa jornada há alguns meses atrás. E caramba, POR QUE EU NÃO LI ANTES? É, pois é...

     Mas enfim, gostaria de começar a resenha falando que, se você já está acostumado com livros YA recheado de romance, esse pode te decepcionar... Ou não! Meu povo, não existe coisa melhor do que ter bastante ação e ter romance na medida certa. Marie Lu soube utilizar muito bem o trunfo que tinha em mãos, colocou tudo na quantidade que deveria ser sem errar na mão. (Palmas para ela!).

     Um aviso: Se você tem coração fraco, aperte o cinto porque Legend é simplesmente uma montanha-russa radical. Repleto de cenas com alta voltagem de adrenalina e ação, começamos e terminamos o primeiro tomo da história em um ritmo frenético. É impossível largar!

     Eu gostei bastante do regime ditador da República porque a autora conseguiu criar algo que não fugiu tanto da nossa realidade atual. Outra coisa que me agradou muito também foram os personagens. Cada um é dotado de uma personalidade própria e isso fez com que a trilogia ganhasse uns pontos comigo.

     A única coisa que não me agradou foi à questão de os acontecimentos serem muito previsíveis. Isso não me fez ficar tipo “OMG!”, porque eu já imaginava que tal fato ia acontecer. Mas teve momentos durante o clímax que fiquei totalmente abismado com a seriedade da situação que estava lendo.

     Sem mais delongas, Legend é mais do que recomendado para os amantes de histórias futurísticas e de jornadas grandiosas. Se junte ao Day e a June nessa viagem que está apenas começando. Acreditem, o final será épico e se tornará lenda.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: